Escola e Família, uma parceria de sucesso.
O futuro do Brasil passa pela educação, que é a força motriz das transformações qualitativas.

A Escola

 

A Escola General Osório tem seu registro de criação documentado pela Ata datada em 08 de abril de 1.998. Contudo, há que se ressaltar que a sua origem foi o Cursinho Preparatório para o Colégio Militar. Vejamos um pouco da história do Cursinho.

 

Quando da criação do Colégio Militar de Campo Grande e do início do seu funcionamento, no ano de 1995, verificou-se que os candidatos que prestaram o primeiro concurso ficaram muito aquém das expectativas... Esse foi o motivo que levou os coronéis Daniel Carneiro, Arthur Holsbach e Vicente Santos a idealizar um curso Preparatório que capacitasse os jovens campograndenses a realizarem o sonho de ingressar num dos mais tradicionais Colégios do Brasil, pois o seu paradigma é o Colégio Militar do Rio de Janeiro, fundado em 1889.

 

Em março de 1995, numa sala alugada na galeria Dona Neta, iniciávamos o Cursinho Preparatório, ao qual demos o nome de General Osório, com apenas dez alunos, desses, cinco eram bolsistas.

 

Por que escolhemos para patrono o General Osório?

 

Porque ele foi um dos maiores vultos da História do Brasil. 

  • Como Militar, foi um líder endeusado pelos seus soldados e vitorioso em todas as batalhas de que participou:

“É fácil a missão de comandar homens livres, basta mostrar-lhes o caminho do dever”. exortação feita aos soldados antes da travessia do Passo da Pátria;

 

  • Como político dedicou-se com entusiasmo às causas públicas: 

“Dos hábitos constitucionais o mais apreciável é a eleição, onde os partidos desarmados se batem por seus princípios“;

 

  • E no campo social ele se destacou pela sua visão de cidadão:

 “O tempo é das ciências, das letras, da civilização; a força dos governos não reside nas metralhadoras e canhões, nem no despotismo e violência contra o povo, mas sim, na justiça, no respeito ao direito de todos e à liberdade”.

 

A estruturação pedagógica do curso ficou a cargo de dona Maria Lúcia, esposa do coronel Vicente, professora experiente, com um grande conhecimento da língua Portuguesa, foi a âncora do cursinho. Elaborou excelentes apostilas, organizou as provas e deu aula de português, matéria eliminatória no concurso.

 

No final do ano de 1995, para ingresso no CMCG em 1996, dos dez alunos, classificamos seis, sendo nossos o 1º e 3º lugares. Daí em diante, tornamo-nos o líder absoluto em aprovação e classificação. O sucesso alcançado pelo curso preparatório para o CMCG levou-nos a buscar novos desafios, ou seja, a criação da Escola General Osório. Começamos a Escola somente com a 5ª e 6ª séries, com passar dos anos fomos criando as demais séries. É bom lembrar que, nessa época a sociedade contava apenas com dois sócios: Cel Vicente e Cel Carneiro. Em 2001, o Cel Carneiro deixou a sociedade e, a partir daí, a Escola General Osório passou a pertencer ao casal Cel Vicente e sua esposa Maria Lúcia.

 

A primeira sede da Escola foi num prédio pequeno, alugado, situado na Rua Piratininga, no Jardim dos Estados. Hoje a Escola possui duas unidades, com sede própria. Além do ensino regular da Educação Infantil ao Ensino Médio, a Escola continua oferecendo o Cursinho Preparatório para o Colégio Militar – CPREP, com ótimo índice de aprovação!

 

A Unidade I, situada à Rua Pernambuco, 1.533, foi construída em 2006 e abriga as turmas do Ensino Fundamental II e Ensino Médio (6º ano EF ao 3º ano EM). A Unidade II, situada à Rua São Paulo, 1060, foi construída em 2011 e é a sede da Educação Infantil e Ensino Fundamental I (Turmas dos Jardins e 1º ao 5º ano EF).

 

Coube à Diretora Geral Raquel Mourão Santos Camillo e à Diretora Pedagógica professora Adriana Lima organizar e estruturar a Escola General Osório para que ela pudesse funcionar em toda a sua plenitude; e o fizeram com tanto zelo e competência que, num período relativamente curto de sua existência, conquistou o elevado conceito que hoje desfruta na sociedade campo-grandense.

 

Atualmente a Escola General Osório tem como diretora geral Marisa Mourão Santos; Diretora da Unidade I, a pedagoga Carla Escher de Moura da Silva e Diretora da Unidade II, a pedagoga Daniela Santos Cunha.

 

Nossa Escola adota a metodologia tradicional de ensino tendo como lema: “Escola e Família uma parceria de sucesso”. Desde a Educação Infantil os alunos recebem noções de civismo e patriotismo. A Escola tem uma rotina bem definida, exigindo-se dos alunos e professores respeito e disciplina no trato com as pessoas. O desenvolvimento integral da criança tem por base a Pedagogia Afetiva: “Aprender, brincar, crescer e ser feliz!

 

Os alunos da Escola têm acesso e cumprem todos os conteúdos curriculares e também trabalham com os temas transversais, abordados através de Projetos Pedagógicos interdisciplinares. Priorizamos o reforço de valores que motivem o exercício da cidadania, disciplina e bem estar social, pois acreditamos na educação como meio de construir uma sociedade mais justa e solidária, formando cidadãos participativos e conscientes de sua própria história, sendo orientados, no Ensino Médio, para a escolha profissional.

 

Dessa forma, nossa Instituição Escolar reforça o valor do patriotismo e o exercício da cidadania, através da educação de qualidade oferecida aos nossos alunos.

 

Visão - “O futuro do Brasil passa pela educação, que é a força motriz das transformações qualitativas”.

 

Missão - “ Educar para construir um Brasil melhor, uma sociedade mais participativa e solidária, onde cidadãos conscientes são agentes de sua própria história”.